TICAL usa cookies para te oferecer a melhor experiência possível na web.

Ao continuar a usar este site, você concorda em que armazenemos e acessemos cookies em seu dispositivo. Por favor, certifique-se de ler a Política de Cookies. Learn more

I understand

Do macro ao micro: Terceiro dia de TICAL2021 destaca iniciativas de observação da Terra e desenvolvimentos do Projeto Cérebro Humano

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As respostas aos desafios que enfrentados pela humanidade podem ser encontradas onde menos se espera. De longe, como num satélite no espaço, ou de muito perto, como nas conexões neurais em nosso cérebro. Em seu terceiro dia de atividades, a Conferência TICAL2021 e o 5º Encontro Latinoamericano de e-Ciência se dedicaram a explorar esses dois universos tão distintos, mas muito importantes para o futuro da pesquisa e para o enfrentamento dos desafios do nosso planeta.

A plenária desta quarta-feira foi moderada por Mónica López - Presidente da Mesa Setorial de Gestão de Tecnologia e Talento Digital da Colômbia e do Conselho de Mesas TIC do país - e contou com a participação dos especialistas Chris Atherton, Responsável Sênior de Pesquisa da GÉANT, Marcelo D'Agostino, Gerente da Área de Gestão do Conhecimento e Comunicação da Organização Pan-Americana da Saúde, Luiz Ary Messina, Coordenador da Rede Universitária de Telemedicina da América Latina (RUTE-AL), e Pawel Swieboda, Diretor do Projeto Cérebro Humano, que abriu o dia de atividades com a palestra “Libertando o poder dos dados para alcançar avanços científicos e promover a saúde pública”.

Em sua apresentação, Swieboda mostrou os avanços do Projeto Cérebro Humano, que busca criar uma infraestrutura de pesquisa baseada em TIC para pesquisas sobre o cérebro, neurociência cognitiva, medicina e computação inspirada no órgão humano. Segundo o diretor do HBP, a ciência é a última fronteira da revolução tecnológica e o projeto está exatamente nesse limiar. "O cérebro humano é um dos sistemas de dados mais complexos que existem e uma grande fonte de dados, que é a chave para o progresso científico", disse Swieboda.

Entre os avanços mais impressionantes do projeto estão próteses cerebrais para cegos, contribuições para o tratamento de lesões medulares, instrumentos para cirurgia em pacientes com epilepsia, entre outros. Para Swieboda, no entanto, ainda há muito a explorar. “A melhor forma de extrair benefícios dos dados é a colaboração global e multidisciplinar. HBP é um projeto global, desenhado na Europa e totalmente aberto à colaboração com o mundo”, explicou.

Outro projeto aberto à colaboração é Copernicus, uma iniciativa da União Europeia para observações em tempo real da Terra, que dá aos tomadores de decisão recursos para atuar de forma eficaz e benéfica para o maior número de pessoas diante de desafios como o desenvolvimento sustentável, a resposta ao desastres naturais, mudanças climáticas e crises de refugiados. "O projeto Copernicus é o olhar da Europa sobre a Terra, para responder mais rapidamente aos desafios globais. Quanto mais dados, melhores serão as respostas", explicou Chris Atherton.

Segundo o Chefe de Pesquisa da GÉANT, a conectividade proporcionada pelo cabo EllaLink terá um papel muito importante para a continuidade da iniciativa. “A transferência de dados do Copernicus da Europa para a América Latina será muito melhorada pelo Programa BELLA e pela colaboração entre RedCLARA e GÉANT. Estamos muito animados e acreditamos que o que está por vir é uma considerável mudança de paradigma”, comemorou Atherton.

As duas últimas apresentações da sessão foram feitas por Marcelo D'Agostino e Luiz Ary Messina, especialistas em Saúde Digital, que compartilharam suas impressões sobre os avanços da transformação digital no setor no mundo e na América Latina, e juntos responderam ao perguntas dos assistentes.

O terceiro e penúltimo dia de TICAL continuou com um programa variado de sessões paralelas, workshops sobre Telemedicina e Experiências de Colaboração, sessões sobre segurança cibernética e stands virtuais. A sessão da quinta-feira, 2 de setembro, começa uma hora antes, às 13h GMT (10h00 no Brasil / 9h00 no Chile, Argentina e Uruguai / 8h00 na Colômbia).

Para obter mais informações, visite https://tical2021.redclara.net/

ORGANIZAN

Verificando conexão a Redes Académicas ...

Contacto

RedCLARA_Comunica@redclara.net

(+56) 2 584 86 18

Avenida El Parque 4680-A, Oficina 108
Huechuraba, Santiago, Chile.

Rambla República de México 6125
Montevideo 11400, Uruguay.

© Copyright 2017 . All Rights Reserved Spectrum Template by JoomShaper